LUAS

Segundo a tradição de Sri K. Patabhi Jois, não se pratica Ashtanga Vinyasa Yoga no primeiro dia de lua nova e no primeiro dia de lua cheia. 

fases-da-Lua-2019.jpg
O ser humano é, em sua maioria, constituído por agua. E como as luas influenciam as marés, acredita-se que esta também terá uma predominância sobre nós. Nestes dias, ficamos com uma energia mais instável, que tem implicações no nosso corpo e na nossa mente, criando maior propensão a nos machucarmos durante a prática.
A lua cheia acontece quando está em oposição ao sol e tem uma força expansiva, nos puxando para cima. Normalmente nos deixa mais ativos, cheios de energia, a mente fica inquieta e dispersa.
A lua nova ocorre quando está em conjunção com o sol, e traz um comportamento mais introspectivo. Ao contrário da cheia, a lua nova puxa a energia para baixo, deixando-nos mais calmos e enraizados, porém mais densos e preguiçosos para realizar atividades que exijam do corpo físico. É excelente para a meditação.
Com o excesso de informações, stress e correria do dia a dia, nos distanciamos da natureza e nem notamos a sua influência no nosso corpo e mente. Com a prática regular por um longo período de tempo e acompanhando os ciclos lunares, conseguimos nos reconectar e perceber como somos sensíveis aos ritmos da natureza. 

fases-da-lua-2019 (3).jpg